Buscar

Você Sabe Preparar um Pitch?

Você já deve ter ouvido o termo Elevator Pitch ou Discurso de Elevador por aí. A maioria das pessoas acha que esse termo se refere a uma conversa rápida, em um elevador, para convencer outra pessoa de algo. Mas a origem do termo não é bem essa.

A verdadeira origem do Elevator Pitch

Em 1853, Elisha Otis desenvolveu um sistema de segurança para elevadores, que até então era bastante inseguros. O problema, então, era convencer o público de que o novo sistema de segurança funcionava.

Para isso, Otis alugou uma galeria de arte em Nova York e construiu ali um elevador aberto. Com uma plateia considerável ao seu redor, ele entrou no elevador e pediu que fosse levantado a uma altura considerável.

Quando já estava no alto, pediu que o cabo que segurava o elevador fosse cortado. Após um segundo de queda livre, o sistema de segurança foi ativado e o elevador parou. E esse foi o primeiro Elevator Pitch da história.

A definição de Pitch

Em poucas palavras, um Pitch é uma apresentação sucinta e efetiva com intenção de transmitir uma mensagem complexa e conquistar outras pessoas.

Essa técnica é muito utilizada em processos seletivos de emprego. A famosa frase que aterroriza muitas pessoas “Me conte um pouco sobre você” não precisa assustar tanto quando sabemos preparar um bom Pitch. E hoje você vai aprender como montar o seu e chegar preparado para as entrevistas!

A etapas para preparar um bom Pitch

1) Se conheça

Pode parecer óbvio, mas nem tanto. Para que você seja capaz de falar sobre você, é necessário que conheça seus pontos fortes e seus pontos fracos.

Para te ajudar com essa etapa, faça uma lista com suas principais características relativas ao trabalho.

2) Selecione as informações relevantes para cada caso

Depois que você conseguiu listar seus pontos de destaque, identifique aqueles que são mais relevantes para a vaga em questão. Tudo bem você ser um(a) ótimo(a) cozinheiro(a), mas se a vaga não for para trabalhar em um restaurante, o recrutador não tem muito interesse nessa informação.

3) Monte uma linha de raciocínio

Com as informações importantes em mãos, tente montar uma história coerente. Junte as informações de maneira que elas se complementem e despertem o interesse do recrutador pelo seu perfil.

4) Apresente resultados

Falando em despertar o interesse do recrutador, nada de autoelogios do tipo “Eu sou extremamente competente”. No lugar disso, que tal você apresentar resultados em seu emprego anterior. Conte como você conseguiu organizar melhor um processo da empresa, por exemplo. Se tiver números, melhor ainda!

Chamando atenção para seu perfil profissional

5) Treine

Quanto mais você treinar e ensaiar seu Pitch, mais fácil será lembra-lo na hora da entrevista. Então fale para o espelho, encontre outra pessoa e fale para ela (dessa forma você pode até pedir um feedback). Deixe seu Pitch na ponta da língua.

6) Não deixe o nervosismo te impedir

Por último, mas não menos importante. Não deixe que o nervosismo te impeça de falar. O recrutador está acostumado a ver as pessoas nervosas em entrevistas. É totalmente normal, é uma situação que causa ansiedade mesmo.

Se te ajudar, você pode até pontuar durante a entrevista que está um pouco nervoso(a). Só não deixe de falar por causa disso. Se você se apresentar, terá chances de conseguir a vaga. Mas se não falar nada, é impossível que o entrevistador saiba se você se encaixa ou não e pode acabar dando a vaga para outra pessoa.

23 visualizações